Resenha: A Rainha de Tearling - Erika Johansen



2 de setembro de 2017


Resenha a rainha de tearling


Oláá, tudo bem com vocês? hoje eu venho trazendo mais uma resenha de livros para vocês, do livro A Rainha de Tearling de Erika Johansen com selo da editora Suma da Letras parte do grupo Companhia das letras.

Sinopse




Quando a rainha Elyssa morre, a princesa Kelsea é levada para um esconderijo, onde é criada em uma cabana isolada, longe das confusões políticas e da história infeliz de Tearling, o reino que está destinada a governar. Dezenove anos depois, os membros remanescentes da Guarda da Rainha aparecem para levar a princesa de volta ao trono - mas o que Kelsea descobre ao chegar é que a fortaleza real está cercada de inimigos e nobres corruptos que adorariam vê-la morta. Mesmo sendo a rainha de direito e estando de posse da safira Tear - uma joia de imenso poder -, Kelsea nunca se sentiu mais insegura e despreparada para governar. Em seu desespero para conseguir justiça para um povo oprimido há décadas, ela desperta a fúria da Rainha Vermelha, uma poderosa feiticeira que comanda o reino vizinho, Mortmesne. Mas Kelsea é determinada e se torna cada dia mais experiente em navegar as políticas perigosas da corte. Sua jornada para salvar o reino e se tornar a rainha que deseja ser está apenas começando. Muitos mistérios, intrigas e batalhas virão antes que seu governo se torne uma lenda... ou uma tragédia.










Resenha a rainha de tearling
@gleicyhaner

Sem spoilers

Kelsea foi criada em exílio praticamente desde que nasceu (desde um ano de idade) e ela não sabe praticamente nada sobre a vida, sobre contato com outras pessoas e muito menos o motivo de todo esse isolamento. Tudo que ela tinha eram seus "pais adotivos" e tudo que sabia sobre história,pessoas,reinos aprendeu nos muitos livros que tinham no chalé onde morava. A única coisa que ela realmente sabia é que um dia seria convocada a assumir o reino de Tearling que um dia já tinha pertencido a sua mãe Elyssa. 

No dia do seu aniversário de dezenove anos ela é levada pela guarda da rainha para a fortaleza onde é o real lugar dela, e é ai onde o livro começa. Durante o caminho ela descobre que a situação do povo Tear é uma das piores possíveis, que o povo vem sofrendo consequências de erros de reis e rainhas passados. Como principal motivo foram o erros da mãe de Kelsea, Elyssa que usava todo seu poder sem importar com nada além dela mesma. E para dar o toque final de desgraça na história o tio de Kelsea é quem está no poder e da mesma forma que a irmã, vem usando o poder para trazer mais medo e sofrimento ao povo, e uma futura guerra com a Rainha de Mortmesne, a Rainha Vermelha. 

Durante todo esse processo até a chegada da fortaleza Kelsea vê todo o sofrimento do seu povo de perto, a fome, miséria,o medo e todas as atrocidades que um dia já tinha ouvido de seus pais adotivos e lido. Nisso ela resolve que seria uma rainha oposta ao que sua mãe um dia já fora, que teria que tomar medidas drásticas e perigosas, mesmo não tendo crescido com interação humana ela se torna uma mulher forte, e ainda sem o minimo de preparação ela se dedica a mudar aquele reino, a lutar pelo povo (embora a maioria das pessoas "relevantes" são contra ela, inclusive seu próprio tio). 


Resenha a rainha de tearling
@gleicyhaner


O livro é interessante, mesmo sendo um clichê sobre livros da idade média, e no começo a leitura se tona cansativa de tão lenta, aquele começo que a gente fica com preguiça, porquê simplesmente não acontece nada. Eu normalmente leio livros em poucos dias (uma semana na média), com esse livro eu passei mais de um mês para concluir a leitura.Embora eu não goste de livros "parados", nesse caso era totalmente necessário para a  gente se aconchegar e se ambientar na história, saber como iria se passar todo o livro. 

Apesar do ritmo lento no inicio, a história começa a ficar rápida, é acelerada no ponto certo e começou a me surpreender positivamente. Eu gostei muito dos personagens, são bem formulados e  com personalidades marcantes, e posso dizer que Kelsea é a primeira "mocinha" de livros que eu realmente gostei. É o tipo de protagonista que a gente torce sempre por ele, se identifica e quer que no final tudo acabe bem. 

Outros dois pontos que eu acho legal falar é que a autora não precisou colocar nenhum tipo de romance na história para prender a gente sabe? é diferente, não tem romance. Kelsea se interessa por uma pessoa, mas o foco dela total é em seu reinado, pode ser que isso seja expandido nós outros dois livros da trilogia, o que eu acredito que séria ótimo, o livro terminou com ótimos ganchos para os volumes seguintes. 


Outra coisa totalmente interessante, é que é um livro de distopia claro, mas que também se passa no futuro, como se a humanidade tivesse voltado no tempo,retrocedesse e voltasse a idade média, eu ainda não lido nenhum livro com essa visão de futuro, achei totalmente original.


A Rainha de Tearling irá virar filme, e como protagonista ninguém menos que nossa eterna Hermione, Emma Watson. Eu já estou ansiosa para filme,e  tá ai um motivo maravilhoso para ler esse livro! espero que o filme seja tão bom quanto.

Como eu já havia falado, a minha leitura com livro foi bem lenta, ultrapassando mais de um mês, mas mesmo assim eu fique totalmente contente e surpresa com a história, apesar desse probleminha nos primeiros capítulos a história teve o tempo certo,e  eu realmente gostei muito. 


A Rainha de Tearling - Erika Johansen
Livro 01 
Série The Queen of Tearling
Editora Suma de Letras
Comprar: Saraiva | Amazon




Bienal 


A Bienal de livros já começou, e no dia domingo, dia 10 de setembro, das 11h às 13h acontecerá o encontro de blogueiros e leitores da Companhia das letras!  não é necessário fazer inscrição. É só aparecer lá pra conversar e pegar brindes. Acesse aqui o evento no facebook.

Será na Arena #SemFiltro, mesmo lugar onde vão acontecer os bate-papos da programação oficial da Bienal, então tem bastante espaço ;) Veja aqui a programação completa da Companhia das letras,autores e agenda em geral. 

O estande do Grupo Companhia das Letras é o G13/H14, no Pavilhão Azul. Além dos últimos lançamentos, terão mais de 600 títulos com desconto. E quem passar por lá vai poder fazer um marcador personalizado! É só tirar foto com os amigos no totem que fica logo na entrada, e você vai levar pra casa um marcador especial de recordação da Bienal ♥ 

Gostaram do post de hoje? o que acharam do livro? beijos, até o próximo post! 💋

Instagram Fã page | Facebook Pessoal | Portfólio


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fã page | Twitter | Instagram

Críticas construtivas são sempre bem vindas.
Deixe o link do seu blog no final do comentário e retribuiremos a visita
Aceitamos TAG's, se não a respondermos, provavelmente nós já devemos ter respondido anteriormente por outra indicação.
Lembre-se, tudo aqui é feito para você, então fique a vontade para pesquisar,ler,comentar e pedir postagens.

© BELEZA NERD 2013 - 2018. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo